Trenzinho | Elemento de Integração | Instituto Lotta

Cultura e Recreação

Trenzinho do Parque – Elemento de Integração

Devido à sua grande extensão, o Parque do Flamengo sempre necessitou de um meio de transporte que facilitasse ao público conhecê-lo por inteiro. A solução encontrada foi um trenzinho com características específicas, único veículo permitido a trafegar durante o dia na pista de 3,5 km de extensão e 5 m de largura.

Em 09 de agosto de 1964 aconteceu a primeira viagem experimental com a participação de Lotta, da nora e netos do governador Carlos Lacerda. Eram quatro composições, com capacidade de 100 passageiros cada uma. Os trenzinhos sempre fizeram um enorme sucesso, tanto que no ano de 1965 foram transportados mais de 440 mil visitantes.

Os trenzinhos puxados por trator funcionaram, com algumas interrupções, até agosto de 1981. Somente em janeiro de 2009 os passeios foram reiniciados com quatro carros elétricos, sendo a capacidade individual de cinco passageiros. Esse sistema de passeio turístico foi desativado sem nenhuma motivação evidente em dezembro de 2012.

O projeto O Futuro Presente classificou esse meio de locomoção como um auditório ao ar livre, que, além da aprendizagem por meio de guias treinados, possibilita a integração dos diversos equipamentos recreativos culturais existentes no Parque, transformando o passeio em um aprendizado inesquecível.

O Instituto Lotta vê como essencial o retorno do trenzinho e tenta viabilizar o modelo elétrico chinês (foto acima), por considerá-lo o mais adequado e seguro para suprir essa lacuna de integração no Parque. A expectativa é implementar, em etapas, até quatro composições com capacidade de transportar 24 passageiros cada uma.

Projeto O FUTURO PRESENTE
divertir educando, educar divertindo

1 Comentário para Trenzinho do Parque – Elemento de Integração

  • Leandro comentou:
    7 de abril de 2019 at 10:31

    Seria ótimo voltar o trenzinho, na época dos carrinhos elétricos gostava muito! Para as crianças seria ótimo, muito bom!

    Responder

Deixe uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios

WhatsApp chat WhatsApp