Quem Somos - Instituto Lotta

Quem Somos

Somos pessoas a fiar. Simples assim!

Aqui, o negócio é mão na massa para transformar fios de pensamento em ideias tecidas. Trabalhamos para que o acesso a informação seja o tear para o afeto, produzindo conhecimento, respeito.

Nossos antepassados sempre usufruíram do secular conhecimento das fiandeiras. Enquanto se retorciam fibras naturais como o algodão, o linho, a lã, se estabeleciam formas singulares de perpetuação cultural. A absorção do saber sempre esteve ligada a praticidade da ação.

O Instituto Lotta procura recriar esse vínculo entre o prazer do fiar e a satisfação do vestir, buscando a revalorização do tecer como estratégia de pensar o social.

Nossa equipe

Uma turma de artesãs do pensamento unidas a alguns entusiastas em história e sua sustentabilidade. Estetas bipolares, com alma de artista e sangue de preservação.

A família almeja o crescimento com a união à grupos de fiandeiras, tecelãs do conhecimento, espalhados pelo país. Aos nossos planos somamos também a criação de Pontos de Cultura para a propagação da arte de tecer o saber e promover a história.

Nossa história

Nascemos em uma tarde ensolarada do bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro, lá nos áureos anos 30, quando Lotta de Macedo Soares resolveu enveredar-se na arte de pensar a vida. Começou a viver: Foi morar sozinha, dividindo um apartamento com amigos; Virou piloto de corrida no antigo Circuíto da Gávea; Fez da casa grande da Fazenda Samambaia, em Petrópolis, um lugar para festas, alugando-a para veraneio; Entrou para uma faculdade dirigida por Mário de Andrade, em um curso de pintura ministrado por Portinari; Trabalhou pela popularização da arte, lutando na criação no Brasil do conceito de Museu de Arte Moderna como escola artística; Apaixonou-se pelo modernismo, apaixonou-se pela alma feminina. Ali surgia a motivação para a criação de um Instituto que preservasse seus pensamentos, sua vida, sua obra.

O Instituto Lotta de Cultura e Cidadania, sociedade civil sem fins lucrativos, criado em 2011, luta pela preservação da memória coletiva do pensamento, vida e obra de Maria Carlota Costallat de Macedo Soares. Estamos no Complexo do Parque do Flamengo, principal obra de Lotta e imbuídos do seu pensamento progressista que reconhecia como vida sustentável aquela que contemplava toda a cadeia produtiva, todos os níveis da pirâmide social.

Conheça e contribua para os Projetos do Instituto Lotta!

Afete, Respeite, Viva!